Acontece no Paixão

Blog

Entenda a diferença entre legumes e verduras

Quantas vezes você foi à feira e chamou verdura de legumes e vice-versa? Conheça agora cada um deles e saiba diferenciá-los de uma vez por todas.

 

Os alimentos fazem parte da nossa vida. Nós precisamos de seus nutrientes e vitaminas para repor a energia que gastamos durante o dia a dia. Entretanto, algumas vezes compramos e consumimos alimentos, no qual não sabemos para que exatamente servem ou contribuem para o nosso corpo.

Em relação a legumes e verduras, muitas  pessoas não só confundem as categorias, mas como também acreditam se tratar dos mesmos alimentos. Ambos são muito usados na cozinha e saber suas  diferenças pode contribuir não só com o entendimento dos seus gostos, mas a saber mais do que estamos colocando no nosso prato. Vamos entendê-los?

As verduras e os legumes fazem  parte da divisão das hortaliças, ou seja, vegetais cultivados em horta. A grande diferença entre eles se determina de acordo com a parte comestível de cada um.

As verduras, por exemplo, são aquelas em que a parte comestível são as folhas, flores ou hastes, como alface, rúcula, escarola, agrião, couve, couve flor, brócolis, alcachofra, repolho ou a couve.

Já os legumes são aqueles em que a parte comestível são frutos ou sementes, como feijão, lentilha, arroz, pimentão, laranja,  abobrinha, berinjela, chuchu, beterraba e até o tomate.

Agora você deve estar se perguntando, “mas tomate não é fruta?”

Sim, é.  Enquanto as verduras são mais fáceis de identificar, pois tratam-se de  folhas, os legumes englobam um grupo maior, formado por 4 categorias, inclusive as frutas:

  • Leguminosas: feijão, vagem, soja, ervilha, grão-de-bico, amendoim;
  • Cereais: arroz, trigo e milho;
  • Oleaginosas: castanha-de-caju, castanha-do-pará, nozes e amêndoas;
  • Frutas: laranja, maçã, banana, tangerina, etc.

Agora que você já sabe identificar o que são verduras e legumes, vale compreender também a importância da ingestão desses tipos de alimentos para o corpo humano. Além de alto valor nutritivo e de fácil digestão, eles são excelentes fontes de vitaminas e sais minerais, contém elevados teores de fibras, ajudando na função intestinal e melhoram o sistema imune.

Vale lembrar também que legumes e verduras não só são ótimos acompanhamentos, mas como também devem estar presente em pelo menos 40% do seu prato. Você pode combiná-los com aperitivos, sanduíches, grelhados, assados, omeletes e até com sucos e bolos. As opções são para todos os gostos.